PRÉDIO DO DIARIO DE PERNAMBUCO: INCÊNDIO ATINGE A EDIFICAÇÃO

Antiga sede do jornal mais antigo em circulação da America Latina vem passando por problemas e esquecimento

Por Lucas Rigaud

Foto: Recife em Cliques/Lucas Rigaud


Um incêndio de pequenas proporções atingiu o antigo prédio do Diário de Pernambuco na manhã de ontem (10/09). De acordo com o Corpo de Bombeiros, fios de cobre no poço do elevador da edificação foram encontrados queimados, o que poderia ter sido a principal causa das chamas. O fogo foi controlado pelo efetivo e ninguém ficou ferido.


Apesar do incêndio ter sido de pequenas proporções e da rápida ação dos Bombeiros, nossa preocupação com a estrutura do prédio secular, localizado na Praça da Independência, Bairro de Santo Antônio, só aumenta. Desapropriado pelo Diário de Pernambuco em 2004, o edifício foi comprado pelo Governo do Estado há 15 anos.


De acordo com a Secretaria de Administração de Pernambuco, que responde pelos imóveis de propriedade do Estado, o prédio da antiga sede do Diário de Pernambuco foi cedido para o Porto Digital. Em 2016, o Parque Tecnológico criou um concurso para escolher um projeto de requalificação para o imóvel: "Concurso Porto Digital de Arquitetura para o Diário de Pernambuco". O projeto do casarão da antiga sede do Diário está orçado em R$ 28 milhões, mas nada saiu do papel. Há mais de 1 década, o famoso prédio vem passando por uma série de problemas, que vão de abandono, invasão e atos de vandalismo.



Construído em 1903, pelo Conselheiro Rosa e Silva, o prédio foi uma das edificações mais importantes do Recife durante o século 20, chegando a recepcionar a Rainha Elizabeth II, em visita a Pernambuco, no dia 2 de novembro de 1968. O edifício de estilo neoclássico, que abrigou a sede do jornal em circulação mais antigo da América Latina por 101 anos, é o principal monumento da Praça da Independência que, devido a popularidade da obra, é chamada pelo povo recifense de “Praça do Diário”.


Foto: Recife em Cliques/Lucas Rigaud


Além do Prédio do Diário, é notável também o abandono do entorno da praça, além do acúmulo de lixo, ocupação de moradores de rua, assaltos em plena luz do dia, falta de policiamento e depredações. A população recifense chama a atenção do Governo do Estado para que a revitalização do prédio histórico, assim como da igualmente histórica Praça do Diário, seja enfim realizada, para evitar que mais um monumento que faz parte da memória do povo pernambucano se perca totalmente na degradação e esquecimento.

5 visualizações
  • Facebook
  • Instagram

Prédios do Recife ® prediosdorecife@gmail.com Recife, PE - (81) 98181-1299

0