o projeto

O Projeto "Prédios do Recife" foi idealizado e fundado com o objetivo de pesquisar, documentar e dar visibilidade ao patrimônio arquitetônico modernista da cidade do Recife. O projeto utiliza como plataforma as redes sociais para, por meio das fotografias, textos e desenhos originais, ajudar a preservar e a aumentar a importância das edificações da cidade, sendo o pioneiro o Hotel Central, em 1928, no bairro da Boa Vista.

 

Foi inaugurado em Março de 2016 através da plataforma de rede social Facebook, pela estudante de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pernambuco, Maria Laura Pires. Movida pela paixão em arte e arquitetura, decidiu criar uma página do Facebook para postar suas fotografias e nomeou o projeto de Prédios do Recife. Não esperava tamanha repercussão: em poucos dias já haviam mais de 500 curtidas na página. 

 

A página trouxe muitos debates e discussões acerca da falta de preservação de edificações importantes da cidade do Recife, a fim de incentivar o olhar do leitor através de fotos, textos e notícias. Um marco importante no projeto foi a história real por trás do filme ''Aquarius'', de Kléber Mendonça Filho, rodado no Edf. Oceania na Av. Boa Viagem, através de um texto escrito pelo arquiteto e professor docente da Unicap, Múcio Jucá. Com tamanha repercussão, o Prédios do Recife ganhou visibilidade, divulgado em matérias nos sites da Casa Cláudia e Revista Trip. Pouco depois, na edição de Novembro/2016 da Revista Trip, uma matéria sobre como páginas de prédios na internet tem aproximado moradores da história e do espaço da cidade em que moram, publicando duas fotografias e citando a página.

O projeto visa valorizar o patrimônio do movimento modernista, uma nova linguagem arquitetônica para o século XX, formulada através de contribuições do arquiteto e urbanista francês Le Corbusier. Foi trazido para Recife na década de 50 pelos arquitetos Delfim Amorim, Acácio Gil Borsoi, Vital Pessoa de Melo, Wandenkolk Tinoco, entre outros.

 

Completando cinco anos, o Prédios do Recife é uma marca registrada, que tem como objetivo a produção de um livro. Em março de 2020 foi lançada a campanha no Catarse para financiar a impressão de 500 exemplares do livro ''Prédios do Recife'', escrito pela arquiteta Maria Laura Pires durante sua graduação. O livro é um compilado de pesquisas fotográficas sobre vinte edifícios modernos da cidade do Recife. 

Nossa Equipe

WhatsApp Image 2021-06-28 at 10.06.04.jp

Lucas Rigaud

  • Instagram

Recifense, nascido em 1994, Lucas Rigaud é formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco. Criador do projeto independente Recife Em Cliques, em 2018, o Jornalista realiza registros fotográficos e textos sobre a capital pernambucana, ingressando no Prédios do Recife em 2020, como redator e cineasta. Lucas também é crítico de cinema e escritor de contos de suspense. Ele escreve para nosso blog quinzenalmente e contribuiu com vídeos como ‘’De Volta para o Teatro do Parque’’, disponível no nosso canal do Youtube.

CapaMaria Laura 1_edited.jpg

Maria Laura Pires

  • Instagram

Arquiteta e fotógrafa, Maria Laura Pires criou o projeto Prédios do Recife ainda na graduação. Autora do livro inspirado pelo seu TCC, ''A Significância do Patrimônio Moderno no Bairro de Santo Antônio'', e ''Prédios do Recife'', escrito durante a faculdade, Laura é a cabeça por trás de tudo. Atualmente trabalha nas próximas edições do livro e pretende seguir estudando patrimônio moderno na academia, preparando-se para um futuro mestrado. 

WhatsApp Image 2021-06-28 at 10.23.01.jp

Vinícius Valentim

  • Instagram

Este é o nosso designer editorial, a cara da nossa diagramação, Vinícius Valentim. Arquiteto e Urbanista pela UNICAP e pós-graduando em Tecnologias do Design, UNICAP - ICAM. Entusiasta de experimentações visuais, alterna entre projetos de arquitetura e projetos de design, se alimentando constantemente de novas referências de representação gráficas. Vinícius é o designer do projeto ''Prédios do Recife'' desde a sua criação em 2016, sendo a primeira logo e o design da primeira edição de sua autoria.